VoltarImprimir

Campanhas

Institucional08/08/2018
MPMG lança Mapa Social com indicadores de educação, saúde e segurança pública dos 853 municípios mineiros

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Gabinete de Segurança e Inteligência (GSI), lançou, no dia 7 de agosto, o Mapa Social, uma ferramenta digital que oferece o panorama da realidade socioeconômica e demográfica do estado de Minas Gerais e de cada um de seus 853 municípios.

A ferramenta reúne indicadores sociais nas áreas da educação, saúde e segurança pública. Por meio dela, é possível pesquisar, explorar e comparar um grande volume de informações dos municípios mineiros de forma rápida e interativa. A novidade já está disponível na página da instituição.

O Mapa Social ampliará a capacidade de investigação e de análise do MPMG, auxiliará os agentes públicos na tomada de decisões e municiará a população de conhecimento, condição fundamental para o exercício da cidadania.

Estrutura
A ferramenta é composta por painéis de indicadores sociais dinâmicos, formados por gráficos e mapas do estado contextualizados em municípios, regiões de planejamento e comarcas. Os indicadores sociais foram divididos por quatro macro áreas: Visão Geral, Educação, Segurança e Saúde. Há ainda o painel Desempenho, que apresenta comparativos entre diferentes indicadores sociais e um demonstrativo de como evoluíram historicamente, e o painel Glossário, que contém a descrição conceitual dos indicadores sociais.

O Mapa Social utiliza bases de dados oficiais e públicas. São elas: Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS): Fundação João Pinheiro; Datasus; Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); Minas em Números; Atlas Brasil; Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM): Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); Portal Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP).

Capacidades Analíticas
O GSI lançou, também, o projeto Capacidades Analíticas, que permitirá aos integrantes do MPMG realizar diagnósticos da despesa pública nos municípios mineiros de forma ágil e eficiente.

As duas ferramentas serão continuamente aprimoradas, com a inclusão de novos dados.
 


Compartilhar: