VoltarImprimir

Notícias

Patrimônio Público10/02/2020
TAC do MPMG com gestora do DPVAT coíbe fraudes e garante aplicação de R$ 87 milhões em saúde, educação e segurança pública

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio Coordenadoria Regional de Defesa do Patrimônio Público e Ordem Tributária do Norte de Minas Gerais, da 11ª Promotoria de Justiça de Montes Claros e da 1ª Promotoria de Justiça de Diamantina, celebrou um Termo de Ajustamento de Conduta com a Seguradora Líder do Consórcio do Seguro DPVAT S/A para adoção de medidas para coibir fraudes em relação ao pagamento de indenizações, já verificadas pelo MPMG por meio de inquérito civil. Além disso, em contrapartida às irregularidades observadas, a gestora do DPVAT se comprometeu a investir em Minas Gerais cerca de R$ 87 milhões, especialmente nas área de saúde.

De acordo com o MPMG, o TAC foi assinado sem prejuízo das apurações das respectivas responsabilidades criminais que estão sendo realizadas por meio dos inquéritos policiais que permanecem em andamento.

Segundo o MPMG, com a descoberta das fraudes a diretoria da Seguradora Líder, à época dos fatos, foi afastada. O acordo foi negociado e assinado pela nova diretoria que assumiu a empresa e tem se mostrado comprometida com regras de compliance, transparência e integridade.

A assinatura do TAC ocorreu no dia 23 de janeiro, na Cidade Administrativa (sede do governo estadual) e contou com a presença do procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet; governador de Minas Gerais,  Romeu Zema; comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Giovanne Gomes da Silva, chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, delegado Wagner Pinto de Souza; promotores de Justiça  Danielle Cristina Barral de Queiroz, Luciana Teixeira Guimarães Christófaro e Paulo Vinícius de Magalhães Cabreira, integrantes de secretarias estaduais e representantes da seguradora.



De acordo com o TAC, entre as obrigações estabelecidas à seguradora estão a implantação de melhorias na sistemática adotada para apuração e pagamento de indenizações decorrentes de acidentes automobilísticos; adoção de procedimento rigoroso na análise de todos os processos judiciais existentes; conferência, juntos ao órgãos emitentes, a autenticidade dos boletins de ocorrência enviados pelas Polícias Civil e Militar antes de admiti-los nos procedimentos de indenização do Seguro DPVAT; realização dos pagamentos administrativos das indenizações do Seguro DPVAT somente mediante depósito bancário em conta corrente ou de poupança de titularidade do próprio beneficiário, sendo vedado o depósito em conta de terceiros entre outras medidas.

Benefícios para a sociedade
A redução do valor do seguro DPVAT e a drástica diminuição do número de ações envolvendo cobranças indevidas em desfavor da seguradora que administra o seguro são, até agora, os principais resultados de uma complexa investigação iniciada em 2015 pelo MPMG.

Investimento em saúde, educação e segurança pública
Os quase R$ 87 milhões que deverão ser direcionados à saúde, edução e segurança pública, serão repassados ao governo do estado, que assinou o TAC como interveniente, em três parcelas: R$ 30 milhões em até 15 dias após a assinatura do acordo, R$ 30 milhões até o dia 30 de julho deste ano e o restante até 30 de julho de 2021. As segunda e terceira parcelas serão corrigidas monetariamente pelo índice de atualização do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Os investimentos poderão abranger ainda a estruturação de órgãos de controle, a compra de equipamentos, obras de infraestrutura e quaisquer outras finalidades sociais relevantes, vinculadas ao objeto do DPVAT.

Encerramento do inquérito civil
Conforme o TAC, o MPMG reconhece como atendido o objeto em discussão nos autos da Ação Civil Pública nº 216.17.005102-5, em curso perante a 1ª Vara Cível da Comarca de Diamantina, se comprometendo a fazer a juntada do presente termo nos referidos autos, com pedido de extinção com resolução do mérito, em relação a todos os Réus, em até 30 dias a contar da assinatura deste Termo de Ajustamento de Conduta.

Notícias relacionadas
Investigação do MPMG revela fraudes no pagamento de indenizações do seguro DPVAT
Operação apura esquema de fraudes no seguro DPVAT no Vale do Aço


Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Twitter: @MPMG_Oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
Instagram: www.instagram.com/MPMG.oficial
10/02/2020