VoltarImprimir

Notícias

Patrimônio Histórico e Cultural06/07/2018
Peças sacras extraviadas são devolvidas à paróquia de Passa Tempo por meio do MPMG
Peças sacras extraviadas são devolvidas à paróquia de Passa Tempo por meio do MPMG


O Ministério Público de Minas Gerais Intermediou a entrega de dois missais e de um turíbulo à Paróquia de Nossa Senhora da Glória, situada em Passa Tempo.

Segundo a Coordenadoria das Promotorias de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico (CPPC), as três peças estavam sob a posse de um casal desde que a mãe de um deles faleceu, em 2003.

Em 2015, os herdeiros, que não sabiam informar como as peças foram adquiridas, procuraram o MPMG e manifestaram interesse em devolver ao local de origem as peças sacras, identificadas como procedentes de uma igreja católica.

A CPPC  realizou então diligências para identificar a paróquia de onde as  peças se originaram.

O MP apurou que provavelmente os missais e o turíbulo faziam parte do acervo de uma igreja da região do Sul de Minas, já que a família havia morado muitos anos em Oliveira e a matriarca teve participação ativa nas atividades da igreja e estreita relação com os párocos.

Os trabalhos indicaram ainda que os bens provavelmente procediam da Paróquia Nossa Senhora da Glória, pertencente à diocese de Oliveira

Com esses indícios, e considerando que as peças sacras cunhadas para servirem ao culto coletivo devem ser utilizadas para permitir a fruição pública, o casal assinou Termo de Compromisso concordando em entregá-las à Paróquia Nossa Senhora da Glória – que recebeu, também, orientações sobre preservação de material sacro.


Fonte: CPPC


Compartilhar: