VoltarImprimir

Notícias

Crime Organizado19/12/2017
Operação Salve Geral cumpre 14 mandados de prisão no Sul de Minas contra suspeitos de integrar organização criminosa

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Varginha,  deflagrou, nesta terça-feira, 19 de dezembro, em parceria com as Polícias Civil e Militar, a operação Salve Geral nas cidades de Varginha, Lavras, São Lourenço e Alfenas, no Sul de Minas.

Foram cumpridos 14 mandados de prisão preventiva, 23 mandados de busca e apreensão e denunciadas 32 pessoas por organização criminosa. Foram apreendidos, ainda, documentos diversos e objetos de interesse policial que serão analisados pela força-tarefa.

A operação investiga a existência de uma filial da organização criminosa conhecida com Primeiro Comando da Capital (PCC) em Varginha e busca monitorar suas atividades, identificar seus integrantes, prendê-los, processá-los e desarticular o núcleo. As investigações tiveram início em junho de 2014.

Conforme a Promotoria de Justiça, durante os três anos de investigação, a ação exigiu minucioso trabalho de inteligência e troca de informações entre os órgãos de segurança, o que permitiu comprovar o funcionamento do grupo não apenas no interior do presídio de Varginha, mas também em outras cidades da região.

A apuração apontou que a organização vem intensificando suas atividades criminosas no Sul de Minas, especialmente com a prática de crimes de tráfico de drogas, roubos e recrutamento de jovens para a organização. Alguns dos adolescentes – já eram conhecidos das Polícias e da Justiça – foram  apreendidos durante a operação.

A operação contou com a participação de 35 policiais militares, 28 policiais civis, 18 viaturas e dois integrantes do MPMG.

Fonte: 2ª Promotoria de Justiça de Varginha


Compartilhar: