VoltarImprimir

Notícias

Direitos Humanos19/05/2020
Oito toneladas de alimentos são entregues pelo MPMG e Mesa Brasil Sesc a famílias em situação de vulnerabilidade em ocupação na capital

Em mais uma ação do “Fomentando Redes”, iniciativa do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e do Mesa Brasil SESC, realizada no sábado, 16 de maio, cerca de oito toneladas de batata doce foram entregues a moradores da ocupação Pátria Livre, no bairro Santo André, em Belo Horizonte.

O alimento doado será distribuído para famílias em situação de vulnerabilidade da região. Já há cadastramento prévio de 450 famílias, residentes na ocupação Pátria Livre, Pedreira Prado Lopes, Vila Senhor dos Passos e entorno.

 

 

 

Leia também

‘Marmitada BH’: comunidades vulneráveis da capital receberão 600 marmitas por semana durante pandemia da Covid-19

Parceria do MPMG e Sesc leva mais de 6 toneladas de alimentos e 50 cestas básicas a comunidade carente de BH

Programa do MPMG e Sesc conta com doação de jogador do Cruzeiro e leva cestas básicas a moradores de comunidade vulnerável em BH

Mesa Brasil
O Ministério Público de Minas Gerais, por meio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos (CAO-DH), apresentou, no dia 14 de abril, o projeto Fomentando Redes, primeiro desenvolvido a partir do Memorando de Entendimento firmado, no mesmo dia, com o Mesa Brasil Sesc, programa de Segurança Alimentar e Nutricional.

O objetivo do projeto é articular a atuação em rede para dar suporte à população mais vulnerável, vítima das consequências econômicas e sociais causadas pela pandemia do coronavírus. Famílias em situação de pobreza extrema, pessoas em situação de rua e catadores de materiais recicláveis têm sofrido com a escassez de alimentos e de itens de necessidade básica para se proteger do vírus. Na mesma conjuntura estão pessoas ligadas à economia informal.

Acesse aqui e saiba mais sobre a iniciativa.