VoltarImprimir

Notícias

Institucional07/08/2018
MPMG lança Mapa Social com indicadores de educação, saúde e segurança pública dos 853 municípios mineiros
MPMG lança Mapa Social com indicadores de educação, saúde e segurança pública dos 853  municípios mineiros

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Gabinete de Segurança e Inteligência (GSI), lançou nesta terça-feira, 7 de agosto, o Mapa Social, uma ferramenta digital que oferece o panorama da realidade socioeconômica e demográfica do estado de Minas Gerais e de cada um de seus 853 municípios.

A ferramenta reúne indicadores sociais nas áreas da educação, saúde e segurança pública. Por meio dela, é possível pesquisar, explorar e comparar um grande volume de informações dos municípios mineiros de forma rápida e interativa. A novidade já está disponível na página da instituição.

Durante o evento de lançamento do produto, na Procuradoria-Geral de Justiça, em Belo Horizonte, o procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, destacou o empenho da instituição em se atualizar e inovar, em consonância com as rápidas transformações da sociedade e com a multiplicação das demandas sociais, sem, contudo, abrir mão de uma gestão absolutamente comprometida com a redução dos gastos públicos. “Precisamos ter um olhar bastante acentuado para o investimento em tecnologia. Caso contrário, teremos apenas a boa vontade para otimizar nossa atuação. O Mapa Social alavancará a capacidade de investigação e de análise da instituição, além de municiar o cidadão de conhecimento, o que é fundamental para a democracia. Passamos a ter um livro aberto sobre áreas essenciais para a cidadania”.

O coordenador do GSI, Denilson Feitoza Pacheco, ressaltou que o mapeamento, a disponibilização e a análise de indicadores sociais assumem um importante papel para subsidiar a formulação, o monitoramento e a avaliação de programas e políticas públicas e, ainda, para a construção de estratégias de atuação do MPMG e para a participação social. “Modelamos o que há de mais avançado no país para o desenvolvimento do Mapa Social. É preciso que o cidadão conheça a realidade em que vive, que saiba, por exemplo, como está a situação da educação pré-escolar em seu município, como está a execução orçamentária na saúde, quais são os dados relativos a homicídios e estupros, entre outras informações”.

Conforme Denilson, o MPMG continuará investindo no aprimoramento da ferramenta, com a inclusão contínua de novos dados, a fim de possibilitar a tomada de decisões cada vez mais qualificadas pelos agentes públicos.

Estrutura

O Mapa Social é composto por painéis de indicadores sociais dinâmicos, formados por gráficos e mapas do estado contextualizados em municípios, regiões de planejamento e comarcas. Os indicadores sociais foram divididos por quatro macro áreas: Visão Geral, Educação, Segurança e Saúde. Há ainda o painel Desempenho, que apresenta comparativos entre diferentes indicadores sociais e um demonstrativo de como evoluíram historicamente, e o painel Glossário, que contém a descrição conceitual dos indicadores sociais.

A ferramenta utiliza bases de dados oficiais e públicas. São elas: Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS): Fundação João Pinheiro; Datasus; Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); Minas em Números; Atlas Brasil; Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM): Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); Portal Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP).

Capacidades Analíticas

Além do Mapa Social, o GSI apresentou, na oportunidade, o projeto Capacidades Analíticas, que permitirá aos integrantes do MPMG realizar diagnósticos da despesa pública nos municípios mineiros de forma ágil e eficiente. Coordenadores de diferentes áreas de atuação da instituição receberam licenças para utilizar a ferramenta experimental ‘Diagnóstico Público’, da empresa 4MTI, para acessos de pesquisa e colaboração com a equipe técnica no desenvolvimento das novas ferramentas de Tecnologia da Informação.

O funcionamento do Mapa Social e do Diagnóstico Público foi detalhado pela coordenadora da Diretoria de Análises em Investigação e Inteligência (DINI/GSI), Luciana Faria, e pelo consultor da 4MTI Matheus Moreira.

Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @MPMG_Oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
Instagram: www.instagram.com/MPMG.oficial
07/08/2018


Compartilhar: