VoltarImprimir

Notícias

Meio Ambiente08/02/2019
MPMG instaura procedimento para apurar a segurança e a estabilidade de barragens de rejeitos em Paracatu

Por meio da Coordenadoria Regional das Promotorias de Defesa do Meio Ambiente das Bacias dos Rios Paracatu, Urucuia e Abaeté, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) instaurou procedimento para investigar a estabilidade e a segurança do maior complexo de barragens de rejeitos do país, localizado em Paracatu, no Noroeste do Estado, na microrregião da Serra do Ouro, no distrito de Machadinho.

Com licenças de instalação e funcionamento aprovadas pelo Estado, esse sistema integra as operações de mineração de ouro, de raízes históricas e seculares, sob a responsabilidade da Kinross Brasil Mineração. Informações iniciais sobre a situação das barragens Eustáquio, uma das maiores do país, e Santo Antônio foram coletadas pela Central de Apoio Técnico (Ceat) do MPMG.

Outras foram requisitadas ao Estado, ao Conselho Regional de Engenharia (CREA) e à Kinross para verificar também técnicas adicionais ou substitutivas que instrumentalizem as melhores tecnologias disponíveis no mercado para a segurança hidráulica das barragens, uma vez que no complexo é usado o modelo de alteamento a jusante.

De acordo com a Coordenadoria Regional, moradores de Paracatu e região questionam a segurança das barragens e ficam receosos com os possíveis riscos relativos às operações no complexo, tanto para os distritos rurais das imediações quanto para a bacia hidrográfica do São Francisco, que seriam afetados diretamente caso ocorresse um acidente ou uma tragédia.

Para o promotor de Justiça Athaide Peres, mesmo que laudos atestem a estabilidade e a segurança do complexo minerário, é necessário, nesse momento, elucidar a situação do empreendimento, inclusive em relação à tecnologia de disposição de rejeitos, uma vez que, segundo o promotor, a tragédia de Brumadinho tem intrigado tanto a população residente próxima às barragens, quanto as autoridades brasileiras.

Fonte: Coordenadoria Regional das Promotorias de Defesa do Meio Ambiente das Bacias dos Rios Paracatu, Urucuia e Abaeté


Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @MPMG_Oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
Instagram:www.instagram@MPMG.oficial
08/02/2019