VoltarImprimir

Notícias

Patrimônio Histórico e Cultural18/02/2019
MPMG expede Recomendação para que Vale adote medidas de proteção a bens culturais de área próxima à mina Mar Azul, em Nova Lima

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) recomendou à Vale a adoção de medidas emergenciais para o resgate e a preservação dos bens culturais móveis existentes nas áreas sujeitas a serem atingidas por uma possível ruptura das estruturas das barragens B3 e B4, pertencentes à mina Mar Azul, localizadas em Nova Lima.

A mineradora também deve adotar medidas de vigilância aos imóveis e aos bens de valor cultural cujo resgate não for possível, além dos patrimônios públicos e privados situados na área evacuada, no dia 16 de fevereiro, após a Defesa Civil ter sido notificada de que as barragens não tiveram a estabilidade garantida pela empresa de auditoria.

De acordo com a Recomendação, os imóveis evacuados, cerca de 50, caso não sejam protegidos, podem se tornar alvos fáceis para a atuação de criminosos. A orientação teve como base o histórico de saques, vandalismos e outros crimes a propriedades da região evacuada, quando do rompimento da barragem do Fundão, em Mariana.

Ainda segundo o documento do MPMG, os bens culturais resgatados devem ser transportados em condições de segurança e, posteriormente, acondicionados em locais apropriados indicados pelos órgãos de proteção. Tão logo seja cessada a situação de risco, o patrimônio cultural deverá ser devolvido em condições de segurança aos locais de origem.

 

Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @MPMG_Oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
Instagram: www.instagram.com/MPMG.oficial
18/02/2019