VoltarImprimir

Notícias

Meio Ambiente02/10/2018
MPMG e órgãos ambientais avaliam resultados da 'Operação Mata Atlântica em Pé' em Minas
MPMG e órgãos ambientais avaliam resultados da 'Operação Mata Atlântica em Pé' em Minas

Os resultados alcançados em Minas Gerais pela Operação Mata Atlântica em Pé foram apresentados e avaliados em reunião realizada nesta segunda-feira, 1º de outubro, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Belo Horizonte. Participaram representantes do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (Caoma), do Núcleo de Combate aos Crimes Ambientais (Nucrim/Caoma), do Núcleo de Geoprocessamento (Nugeo/Caoma), da Central de Apoio Técnico do MPMG (Ceat), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), do Ibama, da Polícia Militar de Meio Ambiente e do Comando de Aviação do Estado (Comave).

De acordo com o major Carlos Henrique Sousa da Silva, assistente militar do Nucrim, todos os órgãos presentes à reunião contribuíram para os resultados expressivos da primeira fase da operação, realizada de 10 a 14 de setembro. Segundo dados apresentados por ele, foram fiscalizadas 70 propriedades rurais nos municípios de Águas Vermelhas, Curral de Dentro, Cachoeira de Pajeú, Medina e Santa Cruz de Salinas, os quais têm apresentado altas taxas de desmatamento do bioma, já seriamente ameaçado, conforme dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e da Fundação SOS Mata Atlântica.

Durante a operação, constatou-se o desmatamento irregular de 1269,786 hectares de remanescentes da Mata Atlântica. Foram aplicados 48 autos de infração ambiental, com a imposição de mais de R$ 5 milhões em multas.

A promotora de Justiça e coordenadora do Caoma, Andressa de Oliveira Lanchotti, ressaltou o êxito da operação, fruto, em seu entendimento, do planejamento realizado e do empenho dos profissionais envolvidos.

Na oportunidade, após um balanço positivo quanto à organização e aos resultados alcançados, os participantes da reunião traçaram as principais linhas que orientarão as próximas fases da operação em Minas Gerais.

Em âmbito nacional, a Operação Mata Atlântica em Pé envolveu Ministérios Públicos e órgãos ambientais de 15 estados e confirmou o desmatamento de mais de 5.200 hectares de remanescentes da Mata Atlântica no país.

Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @MPMG_Oficial
Instagram: @mpmg.oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
02/10/2018