VoltarImprimir

Notícias

Criança e Adolescente13/04/2018
Mãe e padrasto de criança agredida em Visconde do Rio Branco são denunciados pelo MPMG pelos crimes de estupro e tortura

Esta semana, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciou por estupros e torturas a mãe e o padrasto de uma criança de 2 anos, moradores de Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata. Desde fevereiro, o casal encontra-se preso preventivamente.

Conforme os promotores de Justiça Breno Costa da Silva Coelho e Carolina Queiroz de Carvalho, “as violentas agressões, descobertas este ano, repercutiram em toda região e na imprensa”. Atualmente, a criança encontra-se sob os cuidados do Serviço de Acolhimento Familiar.

Segundo as investigações, no dia 2 de fevereiro deste ano, o casal levou a criança  ferida ao hospital do município, alegando que ela havia caído de bicicleta. Entretanto, ao atender a menina, os médicos e enfermeiros constataram a gravidade das lesões e verificaram que não eram compatíveis com a versão apresentada. Diante disso, a Polícia Militar e o Conselho Tutelar foram acionados, e o casal foi preso em flagrante.

Ao investigar o fato, a polícia constatou que a criança apresentava indícios de violência sexual, ferimentos em todo o corpo, várias fraturas e unhas arrancadas.

Segundo os promotores de Justiça, atualmente, a criança já apresenta significativa melhora física e mental e se encontra sob proteção.

Em outra ação, o MPMG vai pedir a destituição de poder familiar da mãe da menina.

Se for condenado, o casal pode pegar mais de 100 anos de prisão pelos crimes. O caso corre em segredo de Justiça.



Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @MPMG_Oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
Instagram: www.instagram.com/MPMG.oficial
12/04/2018


Compartilhar: