VoltarImprimir

Notícias

Institucional11/09/2017
Medalha do Mérito: MPMG homenageia personalidades por contribuição para o desenvolvimento do país e para a justiça social

Outorga da Medalha é parte das comemorações da Semana do MP

Medalha do Mérito: MPMG homenageia personalidades por contribuição para o desenvolvimento do país e para a justiça social

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) realizou hoje, 11 de setembro, a cerimônia de outorga da Medalha do Mérito do Ministério Público Promotor de Justiça Francisco José Lins do Rego Santos. Foram agraciadas 18 personalidades e quatro entidades que, por seus méritos e relevantes serviços prestados à sociedade e à cultura jurídica, têm contribuído para o desenvolvimento do país e para a justiça social.

Em seu pronunciamento, o procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, falou sobre a necessidade de combatermos a violência silenciosa da intolerância étnica, religiosa, de gênero, e de promovermos a igualdade em todos os seus matizes. “Ao Ministério Público cabe atuar buscando espaços de diálogo com outras instituições e com a sociedade civil para promover a transformação social”, disse.

A presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), promotora de Justiça Norma Angélica Reis Cardoso Cavalcanti, falou em nome dos agraciados, segundo ela, homens e mulheres que enfrentam lutas cotidianas e que saem engrandecidos e honrados com a homenagem. “Sigamos em frente. O Ministério Público não desistirá do Brasil. Resistiremos.”, concluiu.

Depois de receber uma placa de homenagem das mãos do procurador-geral de Justiça, o governador de Minas, Fernando Pimentel, falou sobre o trabalho, a serenidade e a harmonia necessários para vencer tempos difíceis e tempestuosos.   De acordo com ele, o MPMG, ao atuar combinando o papel fiscalizador e o papel didático, é personagem fundamental na construção da cidadania dos mineiros.

A cerimônia foi encerrada com uma apresentação da banda Bios – Bombeiro Instrumental Orquestra Show – do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, que também executou o hino nacional brasileiro na abertura da solenidade.
 
Além do procurador-geral de Justiça, compuseram a mesa de honra o governador, Fernando Pimentel; o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes; o 1º vice-presidente da Câmara dos Deputados, Fábio Augusto Ramalho dos Santos; o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil; o corregedor-geral do Ministério Público, Paulo Roberto Moreira Cançado; o subprocurador do Ministério Público do Rio de Janeiro Marfan Martins Vieira, representando o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Edgar Penna Amorim; o presidente Tribunal de Contas do Estado, Cláudio Couto Terrão; a defensora pública-geral de Minas Gerais, Christiane Neves Procópio Malard; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Minas Gerais, Antônio Fabrício Gonçalves; a presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, Norma Angélica Reis Cardoso Cavalcanti; o ouvidor do MPMG, Alceu José Torres Marques; e 1º vice-presidente da Associação Mineira do Ministério Público, Enéias Xavier Gomes.

Fotos da solenidade.

Fotos da chancelaria.

Agraciados com a Medalha do Mérito do Ministério Público Promotor de Justiça Francisco José Lins do Rego Santos:

Grande Colar
- Adalclever Ribeiro Lopes, deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Medalha de Honra
- Cláudio Couto Terrão, presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG);

- Durval Ângelo Andrade, deputado estadual de Minas Gerais;

- Fábio Augusto Ramalho dos Santos, deputado federal, 1º vice-presidente da Câmara dos Deputados;

- Herbert José Almeida Carneiro, desembargador, presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG);

- Norma Angélica Reis Cardoso Cavalcanti, promotora de Justiça do Ministério Público da Bahia (MPBA), presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp).

Comenda
- Alexandre Kalil, prefeito de Belo Horizonte;

- Antônio Fabrício Gonçalves, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil  - seção Minas Gerais (OAB/MG);

- Carlos Lindenberg Spínola Castro, jornalista;

- Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (Cellos-MG), entidade da sociedade civil que luta pelos direitos e promoção da cidadania da comunidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT);

- Christiane Neves Procópio Malard, defensora pública-geral de Minas Gerais;

- Claúdio Roberto de Souza, coronel, comandante-geral do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais;

- Dom Geraldo Lyrio Rocha, arcebispo de Mariana;

- Federação das Comunidades Quilombolas do Estado de Minas Gerais – N’Golo, criada em 2005, para proporcionar articulação e mobilização na luta pelos direitos das comunidades quilombolas do estado;

- Grupo Corpo, companhia mineira de dança contemporânea;
- Helbert Figueiró de Lourdes, coronel PM, comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG);

- Ivam Sérgio Tavares Merhi, procurador de Justiça aposentado do MPMG;

- João Otacílio Silva Neto, chefe de Polícia Civil do Estado de Minas Gerais;

- Macaé Maria Evaristo dos Santos, secretária de Estado de Educação de Minas Gerais;

-Marcos Fernando Portes de Carvalho, servidor aposentado do MPMG;

- Misabel Abreu Machado Derzi, professora de Direito Tributário da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e das Faculdades Milton Campos;

- Programa de Ação Social Central na Vila, projeto que tem como objetivo o desenvolvimento social e individual, localizado na Vila Estrela, em Belo Horizonte.


Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @MPMG_Oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
11/09/2017


Compartilhar: